Israel mantém passagens com Gaza fechadas após ataque de nova milícia

Jerusalém, 22 out (EFE).- Israel manterá fechadas até um novo aviso as passagens fronteiriças com Gaza, em resposta ao ataque com um foguete nesta terça-feira contra seu território que foi reivindicado por uma nova milícia, as Brigadas do Hisbolá na Palestina.

EFE |

O responsável de Coordenação das Atividades do Governo de Israel nos territórios palestinos, Peter Lerner, disse à Agência Efe que "a abertura das passagens será autorizada somente para casos humanitários".

Após o impacto do projétil na localidade de Ashkelon, que não provocou danos, o ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, ordenou o fechamento de todos os cruzamentos e passagens fronteiriças com a faixa palestina, onde vivem 1,5 milhão de pessoas.

A autoria do ataque foi assumida pelas "Brigadas do Hisbolá na Palestina" em comunicado enviado à imprensa em Gaza.

A facção armada anunciou recentemente sua fundação e advertiu que perpetrará "dolorosos" ataques contra Israel.

Além disso, garantiu que não possui qualquer relação com a milícia xiita libanesa do Hisbolá. EFE db/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG