Israel lança campanha de imprensa internacional contra o Hezbollah

Israel lançou uma campanha na imprensa internacional para destacar o caráter terrorista do Hezbollah xiita libanês, informou nesta quinta-feira uma fonte oficial.

AFP |

  • Troca de prisioneiros pode significar trégua, afirma especialista
  • Cinco prisioneiros do Hezbollah chegam ao Líbano
  • O serviço de informação do primeiro-ministro, assim como o Ministério das Relações Exteriores e a Agência Judaica (organismo paragovernamental que favorece a emigração judaica para Israel) pôs à disposição da imprensa internacional vídeos e documentos que mostram os valores éticos do Estado hebreu e, segundo eles, a verdadeira face de Samir Kantar.

    AFP
    Prisioneiros do Hezbollah; Samir é o terceiro 

    Este último havia sido condenado a cinco penas de prisão perpétua e a 47 anos de reclusão adicionais pelos assassinatos em 1979 de três israelenses, entre eles uma menina de quatro anos que teve o crânio partido a coronhadas.

    Em troca dos corpos de dois soldados israelenses seqüestrados em 2006 pelo Hezbollah, Israel libertou na quarta-feira Kantar e outros quatro presos libaneses.

    O Estado hebreu entregou também ao Líbano os restos mortais de 199 combatentes do Hezbollah e de palestinos.

    Os cinco prisioneiros libaneses foram recebidos como heróis em Beirute, com direito a tapete vermelha, na presença do presidente Michel Suleiman, do primeiro-ministro Fuad Siniora, do presidente do Parlamento Nabih Berri, de membros do governo libanês e de líderes dos partidos políticos.

    Leia mais sobre: Hezbollah




      Leia tudo sobre: hezbollahisrael

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG