Israel intercepta barco de voluntários que se dirigia a Gaza

Jerusalém, 30 jun (EFE).- A Marinha israelense interceptou na madrugada (local) desta terça-feira em águas internacionais um barco de ativistas que se dirigia a Gaza com a intenção de romper o bloqueio que Israel impôs ao território palestino há dois anos.

EFE |

Fontes do movimento de solidariedade Free Gaza informaram que à 1h40 local (19h40 de Brasília na segunda-feira) a Marinha israelense interceptou sua embarcação Spirit que tinha partido do Chipre com ajuda humanitária e 21 ativistas de 11 nacionalidades a bordo.

Entre os passageiros está a irlandesa Prêmio Nobel da Paz Mairead Maguire e a ex-congressista americana Cynthia McKinney.

Porta-vozes da organização indicaram em comunicado que "dois navios israelenses seguem o Spirit" e que temem que o abordem e detenham seus ocupantes, como aconteceu em fevereiro com outra embarcação libanesa.

O porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores israelense Yigal Palmor disse à agência Efe que não sabe exatamente o que acontece em alto-mar, mas afirmou que "o 'Spirit' declarou ao sair de Larnaca que se dirigia a Port Said, e que se desviou seu caminho para Gaza estará violando as leis internacionais de navegação". EFE elb/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG