Israel pagará indenizações a cerca de 50 famílias palestinas cujos bens em Hebron, na Cisjordânia ocupada, foram atacados pelos colonos em dezembro passado, informaram neste domingo fontes militares.

As indenizações, a cargo do ministério da Defesa, chegarão a 250.000 shekels (62.500 dólares) depois de uma decisão da administração militar israelense, que recebeu as denúncias dos palestinos, segundo as mesmas fontes.

Três dias após o ataque, em 4 de dezembro, o primeiro-ministro israelense da época, Ehud Olmert, criticou a atuação dos colonos.

jlr/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.