Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Israel impede entrada de relator da ONU sobre questão palestina

Jerusalém, 15 dez (EFE).- Israel impediu hoje a entrada do relator da ONU para a situação nos territórios palestinos ocupados, Richard Falk, por considerá-lo subjetivo e parcial em seu trabalho, disse à Agência Efe um porta-voz da Chancelaria israelense.

EFE |

O judeu americano Falk, professor emérito da Universidade de Princeton, teve que retornar hoje a seu país após passar a noite em um aeroporto de Tel Aviv.

Formalmente, Falk ficou sem entrar em Israel porque não tinha coordenado previamente sua visita com as autoridades, explicou o porta-voz Andy David.

No entanto, Israel já tinha avisado ao relator da ONU que "ele não está convidado nem é bem-vindo" no país desde que, em setembro, reiterou uma comparação que tinha feito um ano antes entre as práticas nazistas e as do Estado judeu, informou David.

"Acreditamos que não é a pessoa adequada para o trabalho, que apresenta relatórios parciais e que legitima o terrorismo do Hamas", argumentou o porta-voz.

Falk tinha previsto se reunir com representantes de organizações de direitos humanos na cidade cisjordaniana de Ramala, nos próximos dias.

O relator da ONU entrou pela última vez em Israel em junho passado, mas conseguiu a permissão porque iria a título individual como conferencista a uma universidade palestina.

Na semana passada, qualificou de "crime contra a humanidade" o bloqueio a Gaza imposto por Israel desde que o movimento islâmico Hamas tomou pela força o controle da Faixa em junho de 2007. EFE ap/rr

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG