Israel fecha centro comunitário palestino em Jerusalém

Jerusalém, 16 jul (EFE).- As forças de segurança israelenses fecharam hoje o centro comunitário palestino Nidal, em Jerusalém Oriental, informaram os Comitês de Saúde, aos quais o centro se encontra filiado.

EFE |

Policiais e soldados entraram no lugar, situado na antiga cidadela amuralhada, e obrigaram o pessoal a deixá-lo, acrescentaram, em comunicado.

A ordem, assinada pelo chefe nacional de Polícia, Dudi Cohen, afirma que o fechamento se estende até o próximo dia 11, em virtude da lei antiterrorista de 1948, afirma a nota.

Além disso, ameaça adotar uma nova ordem que estenderia o fechamento a um ano.

Os Comitês consideram o fechamento "uma violação dentro dos ataques sistemáticos contra Jerusalém".

Consultada pela Agência Efe, a Polícia israelense não deu, por enquanto, nenhuma resposta sobre o fechamento do centro comunitário.

EFE ap/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG