Israel fecha acesso à Cisjordânia por causa do ano novo judaico

Jerusalém - O Exército israelense anunciou hoje o fechamento do acesso para a população palestina desde a Cisjordânia até a madrugada da quarta-feira com o fim de prevenir atentados por ocasião das celebrações de chegada do ano novo judaico 5769.

EFE |

Só será permitida a entrada em território israelense para casos humanitários ou que precisem de ajuda médica especial, previamente autorizados pelas autoridades militares israelenses na Cisjordânia, explicou o Exército em comunicado.

O enlace do Exército israelense em território cisjordaniano também poderá autorizar a entrada a "altos funcionários palestinos, doutores, pessoal médico, advogados e famílias de palestinos detidos de caminho ao tribunal, trabalhadores religiosos, membros de ONG e outros grupos profissionais", diz a nota.

Os habitantes dos assentamentos judaicos na Cisjordânia estão isentos desta medida, que é adotada por ocasião das diferentes festividades judias.

Leia mais sobre: Israel

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG