Tel Aviv, 8 mai (EFE).- O Estado de Israel celebra hoje seu 60º aniversário com uma série de comemorações, que incluem desde acrobacias com aviões supersônicos a exibições de fragatas da Marinha.

Em um dos principais atos do dia, realizado em Tel Aviv, 80 aviões da Força Aérea israelense realizaram acrobacias diante de mais de dez mil pessoas.

A Marinha de Israel também esteve presente na celebração. Uma fragata lança-mísseis acompanhada de cinco navios patrulheiros e vários veleiros civis, navegaram junto à costa da cidade.

As exibições dão prosseguimento à cerimônia que começou ontem à noite no Monte Herzl, de Jerusalém, que marcou o início do dia em que, segundo o calendário hebreu, foi declarado o Estado judeu, em 1948.

Porém, o que é motivo de celebração em Israel, vira lamentação entre os palestinos. Para a comunidade palestina, o "Nabka", como é conhecido o dia da criação de Israel, é uma catástrofe nacional.

O setor da Autoridade Nacional Palestina encarregado da programação das cerimônias relacionadas ao "Nakba" anunciou uma série de protestos para hoje, que inclui o hasteamento de bandeiras nacionais com uma faixa negra em sinal de luto, além de passeatas por todos os territórios palestinos.

Para os palestinos, o dia oficial do "Nakba", segundo o calendário gregoriano, é 14 de maio, quando começou a primeira guerra árabe-israelense e 700 mil palestinos tiveram que deixar suas casas após a criação de Israel. EFE db/rr/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.