Israel exuma corpos de combatentes do Hezbollah

O Exército de Israel começou neste domingo a exumar os corpos de combatentes do Hezbollah para a troca por corpos de dois militares israelenses capturados em 2006, revelou um funcionário da Defesa.

AFP |

A exumação dos corpos dos milicianos do grupo xiita libanês é realizada em um cemitério destinado aos soldados inimigos, na região de Amiad, norte de Israel.

O chefe do Hezbollah, Hasán Nasrallah, anunciou na quarta-feira passada que Israel libertaria, dentro de "uma ou duas semanas", cinco prisioneiros libaneses, entre eles Samir Kantar, que está a mais tempo entre as grades, em virtude de um acordo aprovado no domingo passado pelo governo israelense.

Além da libertação destes cinco presos, o acordo prevê a restituição de vários corpos de combatentes do Hezbollah e a soltura de detentos palestinos; tudo em troca dos corpos dos soldados israelenses Ehud Goldwasser e Eldad Regev.

A captura destes dois militares pelo Hezbollah, em 12 de julho de 2006, na fronteira entre Israel e Líbano, deflagrou uma ofensiva do Exército hebreu na qual morreram 1.200 libaneses, a maioria civis, e 160 israelenses, a maior parte militares.

rb/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG