Israel declarou persona non grata o encarregado dos negócios da Venezuela em Tel Aviv, que deverá agora abandonar o território israelense até esta quinta-feira, pela manhã, informou o ministério das Relações Exteriores israelense.

"Nós notificamos o encarregado de negócios venezuelano, Roland Bettancourt, que ele é 'persona non grata' e que deve deixar Israël até quinta-feira pela manhã", a declarou Yossi Levy, porta-voz do ministério.

"Esta medida resulta da expulsão, no início de janeiro, do embaixador israelense em Caracas", acrescentou.

Em 6 de janeiro, o governo da Venezuela ordenou a expulsão do embaixador israelense em Caracas, Shlomo Cohen, para protestar contra a ofensiva israelensa na Faixa de Gaza e em solidariedade com o povo palestino.

jp/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.