Israel entrega ao Líbano mais quatro cadáveres

Ras Nakura (Líbano), 16 jul (EFE).- Quatro novos cadáveres, desta vez de palestinos, foram entregues ao Líbano, e com isso sobe para doze o número de restos mortais transferidos hoje por Israel dentro da troca de mortos e prisioneiros com o Hisbolá.

EFE |

Segundo a rede de televisão "Al-Manar", órgão do grupo xiita, os quatro cadáveres pertencem a palestinos do movimento nacionalista Fatah, e entre eles está o de Dalal Mugrabi, membro de um comando terrorista que em 1978 matou 36 pessoas em Israel.

Fontes do Hisbolá disseram à Agência Efe que, neste momento, estão sendo feitos exames de DNA nos restos dos palestinos, e que já confirmaram que um dos corpos é o de Mugrabi.

Os outros restos mortais entregues ao Hisbolá são de combatentes que morreram durante o conflito de meados de 2006 entre Israel e a milícia libanesa, que começou depois que o grupo xiita capturou os soldados israelenses Ehud Goldwasser e Eldad Regev, cujos cadáveres foram entregues hoje às autoridades israelenses.

Israel também enviou um relatório sobre dois libaneses, Yehia Skaff e Mohamad Farran, cujo destino era desconhecido e que também eram reivindicados pelo Hisbolá.

No total, Israel entregará 200 cadáveres em troca de seus dois soldados, que morreram por causa dos ferimentos sofridos após a captura.

Enquanto isso, o Líbano está em meio a um ambiente de festa, com várias manifestações populares e oficiais para receber os cinco presos libaneses vivos, que Israel entregará hoje e entre os quais está Samir Kantar, o mais antigo prisioneiro libanês nas prisões israelenses. EFE rd/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG