Israel entrega à ONU mapa de bombas no Líbano

BEIRUTE (Reuters) - Israel entregou na terça-feira às forças de paz da ONU os mapas que mostram onde suas forças lançaram bombas de fragmentação durante a guerra de 2006 contra o Hezbollah no Líbano. A Unifil (força da ONU) recebeu das Forças de Defesa de Israel (FDI) na terça-feira dados técnicos de lançamentos e os respectivos mapas das munições de fragmentação disparadas pelas FDI sobre o Líbano durante o conflito de 2006, disse nota da Unifil.

Reuters |

"Especialistas técnicos da Unifil estão atualmente examinando e avaliando os dados recebidos", acrescenta o texto.

A ONU e o governo libanês vinham repetidamente pedindo a Israel que entregasse os mapas relativos às armas de fragmentação, a maior parte usada nos últimos 3 dos 34 dias de guerra.

Um porta-voz do Exército israelense disse que mapas mostrando a localização das bombas haviam sido entregues no ano passado à Unifil. Ele não conseguiu confirmar de imediato se novos mapas foram entregues na terça-feira.

Dezenas de pessoas morreram e centenas ficaram feridas no sul do Líbano, uma área predominantemente rural, por munições deixadas no solo pelo conflito de 2006.

Uma resolução do Conselho de Segurança da ONU que suspendeu a guerra exigia que Israel entregasse à ONU todos os mapas remanescentes mostrando a posição de minas terrestres no Líbano.

"Esses mapas e locais deveriam ter sido entregues imediatamente depois da divulgação da resolução internacional", disse o primeiro-ministro libanês, Fouad Siniora, em nota.

A guerra começou quando a guerrilha xiita Hezbollah capturou dois soldados no lado israelense da fronteira, para tentar trocá-los por prisioneiros.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG