Israel enfrentará dificuldades se não apoiar Estado palestino, diz EU

Hluboka (R.Tcheca), 27 mar (EFE).

EFE |

- A União Europeia (UE) disse hoje a Israel que suas relações serão "muito difíceis" se o novo Governo não mantiver o compromisso de trabalhar por um acordo de paz que inclua a criação de um Estado palestino.

Se o próximo Executivo israelense se afastar desse compromisso "as relações serão muito, muito difíceis para nós", assinalou o ministro de Exteriores tcheco, Karel Schwarzenberg, cujo país exerce a Presidência rotativa da UE.

No entanto, Schwarzenberg não ofereceu detalhes das possíveis consequências, já que disse que teriam que discutir formalmente entre os ministros comunitários.

A situação no Oriente Médio foi uma das questões discutidas no primeiro dia da reunião informal de ministros de Exteriores da UE na cidade tcheca de Hluboka.

Atualmente, continuam as negociações para formar um Governo de coalizão israelense, enquanto as principais facções palestinas (Fatah e Hamas) seguem conversando sob mediação do Egito para criar um Executivo de união nacional.

Schwarzenberg insistiu em que a UE espera que israelenses e palestinos continuem aceitando o compromisso de um processo de paz com dois Estados independentes e em paz. EFE rcf/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG