Israel e Hamas têm combates violentos na Cidade de Gaza

As tropas israelenses travam violentos combates com militantes do Hamas na Cidade de Gaza nesta segunda-feira, pela primeira vez desde o início da ofensiva terrestre lançada na noite de sábado, segundo testemunhas palestinas e uma fonte militar israelense.

Redação com agências internacionais |


De acordo com as testemunhas palestinas, dezenas de combatentes do Hamas, mas também da Jihad Islâmica, estavam enfrentando soldados israelenses no bairro de Chujaiya, no leste da Cidade de Gaza.

Muitas explosões foram ouvidas no local, sobrevoado constantemente por helicópteros. O Hamas afirmou ter disparado foguetes antitanque contra pelo menos sete blindados de Israel. Uma fonte militar israelense confirmou os combates na Cidade de Gaza, praticamente cercada pelos tanques.

Outros confrontos foram registrados no setor de Zeitun, assim como nos arredores das cidades de Jabaliya e Beit Lahya, no norte da Faixa de Gaza.

Depois da entrada dos tanques na Faixa de Gaza, o Exército israelense reforçou posições às portas de várias cidades do exíguo e superpovoado território palestino de 362 km².

A situação humanitária continua piorando na Faixa de Gaza, onde se amontoam 1,5 milhão de pessoas. A maioria dos habitantes sofre com a escassez de água e comida e com os cortes de eletricidade.

O Alto Comissário da ONU para os Refugiados, Antonio Gutierres, pediu a abertura das fronteiras para permitir a fuga dos moradores.

"A situação está muito difícil. Tememos pela vida de nossos filhos. Todos nossos vizinhos já deixaram suas casas", declarou Abu Jamal Khalifa, morador do bairro Al-Zeitun.

Gaza dividida

No 10º dia bombardeios, o Exército israelense dividiu Gaza em três ao iniciar uma nova fase em sua invasão terrestre que consiste na busca e destruição da "infra-estrutura terrorista" na Faixa de Gaza, informaram fontes militares.

As forças israelenses cortaram virtualmente a faixa em três, após tomar posições, o que impede o movimentar-se livremente dentro do território de seu milhão e meio de habitantes.

Após uma noite em que a aviação israelense bombardeou 30 alvos em Gaza, os militares hebreus continuam suas operações no terreno, onde ontem morreram meia centena de palestinos e um soldado israelense.

Cresce pressão por cessar-fogo em Gaza; veja o vídeo:


Leia também

Opinião


Leia mais sobre: Faixa de Gaza


    Leia tudo sobre: faixa de gaza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG