Israel e EUA farão maior exercício conjunto com mísseis defensivos

Jerusalém, 14 abr (EFE).- Israel e Estados Unidos realizarão no final deste ano um exercício armamentístico sem precedentes, para testar sistemas defensivos de mísseis balísticos diante de um eventual ataque do Irã, informa hoje o jornal israelense Jerusalem Post.

EFE |

O exercício, o mais complexo e extenso já realizado até agora, acontecerá em Israel, e nele haverá testes do míssil israelense Arrow 2, do americano THAAD (Terminal High Altitude Area Defense) e do sistema de defesa de mísseis balísticos a partir de navios Aegis, informa o jornal, que cita fontes militares.

A operação tem como propósito criar a infraestrutura necessária para permitir a operabilidade entre os sistemas defensivos de mísseis balísticos israelenses e americanos, caso o Governo dos EUA decidisse instalá-los na região diante de um conflito armado com o Irã.

O diretor da Agência de Defesa de Mísseis, o tenente-general americano Patrick J. O'Reilly, informou sobre a operação à Subcomissão de Defesa do Comitê de Apropriações do Congresso americano no início deste mês.

Consultados pela Agência Efe, os escritórios de informação do Exército e do Ministério da Defesa israelense não confirmaram a informação.

O serviço de informação do Exército israelense afirmou que "EUA e Israel realizam periodicamente exercícios" de defesa em Israel "planejados com antecipação, que faz parte de um ciclo rotineiro de treinamento", destinado a "melhorar as capacidades e a cooperação" entre os dois países.

"Estes exercícios não estão associados a eventos mundiais reais na atualidade", e "mostram o compromisso dos EUA e de Israel com a estabilidade e segurança regional". EFE aca-amg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG