Israel e ANP desvinculam reunião com Obama de retomada do diálogo

Jerusalém, 20 set (EFE).- Israel e a Autoridade Nacional Palestina (ANP) afirmaram hoje que a reunião conjunta da próxima terça-feira entre seus líderes e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, não implica o reatamento do agora estagnado processo de paz.

EFE |

Em comunicado, a assessoria de imprensa do Governo israelense chama a reunião, anunciada ontem à noite pela Casa Branca, de "encontro preliminar" que permitirá firmar bases para diálogos futuros.

Na mesma linha, Nabil Abu Rudeina, porta-voz do presidente da ANP, Mahmoud Abbas, deixou claro que o líder palestino irá à reunião para apoiar os esforços de Obama em prol da paz no Oriente Médio, mas que isso não supõe a retomada imediata do diálogo político, estagnado desde finais de 2008.

Em comunicado, Abu Rudeina reiterou a exigência palestina para voltar à mesa de negociações: uma completa paralisação da expansão dos assentamentos judaicos em Jerusalém Oriental e Cisjordânia. EFE ap/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG