slogans - Mundo - iG" /

Israel diz que comunidade internacional deve esquecer slogans

Jerusalém, 24 abr (EFE).- O ultranacionalista Avigdor Lieberman, ministro de Relações Exteriores de Israel, afirmou hoje que a comunidade internacional deve se abster de lançar slogans, em suas primeiras declarações a um jornal local desde que assumiu o cargo.

EFE |

"Todos falam de ocupação, assentamentos, colonos... Devem parar de repetir slogans", declarou ao jornal "Jerusalem Post" o novo chefe da diplomacia israelense.

Segundo ele, desta forma a comunidade internacional "não ajuda" a resolver o conflito do Oriente Médio.

"Paz por terra" e "dois Estados para dois povos" figuram entre os slogans que, segundo Lieberman, dos quais a comunidade internacional deveria se abster, por abordarem o conflito palestino-israelense de maneira "muito simplista".

"É impossível impor artificialmente uma solução política.

Fracassaria, seguramente. Um processo de paz não pode partir do nada. Antes é preciso criar as condições", afirmou.

Lieberman disse que "Israel já mostrou suas boas intenções de paz", e reiterou a postura do Governo liderado pelo conservador Benjamin Netanyahu de que "a economia, a segurança e a estabilidade" devem preceder um acordo político com os palestinos.

Integrado por partidos conservadores e nacionalista de direita -mas também pelo partido Trabalhista, de esquerda-, o novo Governo israelense não inclui em seu discurso público a possibilidade de resolver com a criação de um Estado palestino o conflito do Oriente Médio, como pede a comunidade internacional. EFE amg/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG