Israel é favorável a manter a trégua em Gaza se o movimento radical Hamas, que controla este território palestino, a respeitar, afirmou o porta-voz do primeiro-ministro israelense Ehud Olmert.

"Israel está interessado em que a calma reine no sul (perto da Faixa de Gaza). Estava e continua estando disposto a respeitar os compromissos obtidos com a mediação do Egito", declarou à AFP o porta-voz Mark Regev, em referência à trégua de seis meses que expira em 19 de dezembro.

"É evidente que não pode existir uma situação de calma de maneira unilateral, se todos os dias são disparados foguetes contra Israel a partir de Gaza", acrescentou.

Um pouco antes, o líder no exílio do Hamas, Khaled Mechaal, afirmou que a trégua em Gaza com Israel "provavelmente não será renovada".

ms/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.