Israel desmantela assentamento com 2 cabanas

Jerusalém, 31 mai (EFE).- As forças de segurança de Israel desmantelaram nesta madrugada o miniassentamento de Shvut Ami, localizado no norte da Cisjordânia e formado por apenas duas cabanas de madeira.

EFE |

Numa evacuação sem incidentes, as forças demoliram as duas casas, retiraram da região 11 colonos adolescentes e declararam a área de uso exclusivo dos militares.

Localizado junto à colônia de Kedumim, o assentamento de Shvut Ami era um dos cerca de 50 que o próprio Executivo israelense considera ilegais (por terem sido construídos depois de março de 2001).

Israel desmantelou vários destes núcleos populacionais desde que, no último dia 18, o presidente americano, Barack Obama, pediu na Casa Branca que o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, evacuasse estes locais e detivesse a ampliação do resto dos assentamentos.

Netanyahu deu a entender que vai desalojar as colônias que considera ilegais em troca do apoio de Obama contra o programa nuclear iraniano.

Os assentamentos que Israel considera ilegais absorvem uma parte mínima dos cerca de 270 mil colonos israelenses que há na Cisjordânia, aos quais se somam mais 190 mil que vivem em Jerusalém Oriental, segundo dados da principal organização pacifista de Israel. EFE ap/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG