Israel dá resposta condicionada a libertação de soldado, segundo jornais

Jerusalém, 22 dez (EFE).- Após uma maratona de reuniões, o Governo israelense transmitiu nas últimas horas sua resposta aos mediadores que negociam com o movimento radical islâmico Hamas a libertação do soldado israelense Gilad Shalit em troca de mil de presos palestinos.

EFE |

A informação foi confirmada a vários meios de comunicação locais por fontes próximas às negociações, que não revelaram o conteúdo exato da resposta.

Segundo o jornal "Yedioth Ahronoth", trata-se de um "sim condicionado" à questão de que um número não determinado de presos palestinos seja exilado, enquanto o "Ha'aretz" assegura que o Governo israelense parece estar interessado, mas quer limitar o número de palestinos libertados que ficarão na Cisjordânia.

"Israel quereria ver que a maioria dos presos da Cisjordânia, especialmente aqueles considerados os mais perigosos, expulsos de Gaza ou para o exterior", assegura o último jornal.

Um grupo de sete ministros do Governo israelense, presidido pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, realizou uma série de reuniões desde domingo com os chefes dos organismos de segurança, para esclarecer se aceita ou não a troca proposta pelo Hamas através de mediadores do Governo alemão.

Fontes governamentais citadas pela rádio pública israelense indicaram que na última das reuniões, que durou até a meia-noite de hoje, Netanyahu chegou a uma "decisão de princípio", mas que ainda estava pendente de "esclarecimentos" sobre qual será o destino dos presos palestinos.

Os ministros estão divididos sobre a conveniência da troca, e alguns advertem sobre o perigo de que muitos dos presos, condenados pelos atentados terroristas suicidas mais sangrentos da Intifada de al-Aqsa, voltem a matar.

O militar israelense foi capturado por três milícias palestinas em junho de 2006, e, em troca de sua libertação, o Hamas exige mil presos em prisões israelenses. EFE elb/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG