Israel critica Suíça por receber oficialmente delegação do Hamas

Israel manifestou revolta nesta quarta-feira em relação a Suíça por ter recebido oficialmente uma delegação do movimento radical palestino Hamas.

AFP |

"Estamos furiosos, já que o Hamas continua sendo considerado uma organização terrorista pela União Europeia, apesar da Suíça não ser membro da UE", afirmou à AFP o porta-voz do ministério israelense das Relações Exteriores, Ygal Palmor.

"Esta organização terrorista, o Hamas, está em guerra não apenas contra Israel, mas também contra a Autoridade Palestina e Egito", completou.

Uma fonte israelense que pediu anonimato afirmou que vários países árabes, como Marrocos, Argélia e Estados do Golfo, negam vistos aos dirigentes do Hamas desde que o grupo assumiu o controle da Faixa de Gaza, em junho de 2007, depois de expulsar o Fatah do presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas.

O jornal israelense Haaretz informa que a delegação do Hamas, liderada por Mahmud al-Zahar, foi recebida na Suíça há duas semanas e que a embaixada de Israel em Berna pediu explicações às autoridades do país, consideradas insuficientes.

ChW/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG