Jerusalém, 16 jul (EFE).- O Exército israelense confirmou que os restos mortais entregues pelo Hisbolá correspondem a seus soldados Eldad Regev e Ehud Goldwasser, capturados pela milícia libanesa em julho de 2006.

Um porta-voz militar israelense afirmou à Agência Efe que o processo de identificação do DNA dos restos entregues em dois ataúdes no cruzamento de Rosh Hanikra foi completado, e mostra que pertencem aos dois militares capturados. EFE ap/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.