Jerusalém, 4 mai (EFE).- Um quarto caso de gripe suína foi confirmado em Israel, o de uma mulher de 20 anos que retornou recentemente do México, informam hoje meios de comunicação locais.

A mulher, que chegou a Israel em um voo da companhia aérea espanhola Iberia no sábado de manhã, está internada no Hospital Hichilov de Tel Aviv com febre alta e foi posta em quarentena.

O Ministério da Saúde de Israel exortou o resto dos passageiros do voo que pratiquem "uma quarentena voluntária", isto é, que durante a próxima semana se mantenham como medida de precaução em suas casas e procurem um setor de urgência em caso de aparecer qualquer sintoma relacionado com o vírus.

O último caso de gripe suína em Israel foi registrado no sábado passado, também em um turista de 34 anos que retornou do México recentemente.

Israel mantém há quatro dias um dispositivo de saúde especializado no aeroporto internacional de Ben Gurion, onde se analisa o estado de cada passageiro procedente do México.

Outros israelenses que tinham dado positivo para a gripe suína desde que se estendeu em nível mundial a doença há mais de uma semana já tiveram alta, após tratamento. EFE db/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.