JESRUSALÉM (Reuters) - Israel confirmou nesta terça-feira seu primeiro caso de gripe suína, informando que exames mostraram que um homem que recentemente voltou do México e foi hospitalizado havia contraído o vírus. Há um caso confirmado. Sua condição é boa, mas ele continua hospitalizado para observação, informou a porta-voz do Ministério da Saúde, Einav Shimron.

A vice-ministra da Saúde de Israel disse na segunda-feira que as autoridades da saúde estão bem preparadas para lidar com qualquer surto do novo tipo de vírus da gripe.

O israelense que contraiu o vírus foi identificado como um homem de 26 anos de idade. Ele foi hospitalizado no sábado após queixar-se de sintomas da gripe depois de seu retorno de uma visita ao México.

Médicos em Israel aguardavam os resultados do exame de outro homem, que viajou ao México e foi hospitalizado após chegar em casa com sintomas da gripe.

Acredita-se que o vírus tenha começado em uma vilarejo no Estado de Vera Cruz, a leste da Cidade do México. Até agora 149 pessoas morreram no México e desde então o vírus se espalhou aos Estados Unidos, Canadá, Espanha e Escócia.

(Reportagem de Jeffrey Heller)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.