Três soldados israelenses morreram e outros 24 ficaram feridos na noite desta segunda-feira, quando um tanque israelense disparou, por engano, contra um grupo de militares, no norte da Faixa de Gaza, anunciou um porta-voz do Exército hebreu.

"Três soldados das forças israelenses morreram na explosão de um obus disparado, por erro, de um tanque israelense durante uma operação" no norte da Faixa de Gaza, disse o porta-voz, acrescentando que outros 24 soldados ficaram feridos.

Segundo o oficial, um dos feridos está em estado "crítico" e três sofreram ferimentos "graves". Os demais têm ferimentos "leves ou médios".

"O disparo atingiu uma estrutura na qual estavam os soldados" e o comandante da unidade, coronel Avi Peled, ficou ferido levemente.

Segundo várias testemunhas, o incidente ocorreu em Chujaiya, um barrio do leste da cidade de Gaza.

As redes de televisão Al-Jazira, do Qatar, e Al Arabiya, do Dubai, já tinham informado a morte dos soldados israelenses.

Segundo Al-Jazira, três militares morreram e outros 30 ficaram feridos nos combates de hoje na Faixa de Gaza. O canal Al-Arabiya informou que "quatro soldados israelenses morreram nos combates desta noite".

Previamente, o braço armado do movimento islâmico palestino Hamas, as Brigadas Ezzedin al-Qassam, afirmou ter liqüidado "dez soldados" israelenses e ferido outros 30 na noite de segunda-feira na Faixa de Gaza.

Desde o sábado passado, quando teve início a ofensiva por terra contra a Faixa de Gaza, quatro militares israelenses morreram e outros 79 ficaram feridos, segundo fontes do Exército hebreu.

tp/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.