Jerusalém, 14 dez (EFE).- O Ministério das Relações Exteriores de Israel informou que diplomatas do país foram alvo hoje de um atentado a bomba na Jordânia que não deixou vítimas.

A bomba explodiu a cerca de 20 quilômetros da fronteira entre os dois países no Vale do Jordão, e quase atingiu um grupo de veículos onde estavam os diplomatas, que seguiam em direção a Israel.

No comboio, que havia partido de Amã, viajavam quatro funcionários israelenses e dois seguranças, mas não estava o embaixador de Israel na Jordânia, Danny Devo.

Egito e Jordânia são os únicos países árabes que mantêm relações diplomáticas com o Estado judeu. EFE.

amg/id

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.