Israel comemora 60 anos de fundação do Estado

SÃO PAULO - O Estado de Israel completa 60 anos nesta quinta-feira, de acordo com o calendário judeu, sem ter conseguido pôr fim ao conflito desencadeado por sua existência, um dos mais antigos e de maior repercussão em todo o mundo. Veja abaixo o especial do Último Segundo sobre a fundação do país.

Redação |

O correspondente do iG em Israel, Nahum Sirotsky, conta em primeira pessoa sua experiência cobrindo os conflitos que envolvem o país. Nahum Sirotsky, o primeiro   jornalista  brasileiro a ser credenciado pelas Nações Unidas, escreveu para o Último Segundo direto da capital Tel Aviv. Leia o relato pessoal do correspondente

O colunista do iG Caio Blinder, de Nova York, mostra aos leitores do Último Segundo um pouco do pedaço de "kibutz" que tem dentro de si e fala sobre uma Israel madura e inquieta. "Judaísmo não conta porque nasci judeu. Por escolha, o sionis­mo foi o primeiro "ismo" na minha vida", relata. Leia o artigo do colunista Caio Blinder

Clique na foto para ver a galeria das celebrações em Israel AFP

Em 1947, a resolução das Nações Unidas, em assembléia presidida pelo brasileiro Oswaldo Aranha, previra a criação de um país judeu e outro árabe. No entanto, em época alguma, 60 anos foram suficientes para criar um país. Leia o artigo de Nahum Sirotsky sobre a criação do Estado

O país é passagem terrestre obrigatória da Europa para África e Ásia. Apesar de não ter petróleo, a única democracia do Oriente Médio se tornou um grande pólo de exportação de tecnologia e cultura. Leia o artigo de Nahum Sirotsky sobre a economia da região

Os árabes, que consistem em 20% da população do país, não estarão comemorando. Contando com uma melhor situação, os 1,3 milhão de cidadãos árabes de Israel encontram-se em uma conjuntura bem inferior a de judeus e ainda se sentem deslocados dentro do país. Leia o artigo de Ethan Bronner, do The New York Times

Oficialmente as celebrações tiveram início na noite de quarta-feira, quando encerrou um período de 24 horas decretado para lembrar os soldados que morreram defendendo o país. Saiba mais sobre as festas e leia a série de reportagens da BBC Brasil

Assista abaixo à reportagem em vídeo da agência internacional AFP sobre duas vilas vizinhas: uma colônia de artistas isralesense e um vilarejo palestino.

No Brasil, a comunidade judaica também comemora, especialmente em São Paulo e no Rio de Janeiro. Além das celebrações tradicionais, peças, shows, exposições, palestras e muitas atividades marcam o aniversário de Israel. Veja a agenda cultural no Rio e São Paulo

Leiam nossa literatura e saberão sobre nós, disse, certa vez, o escritor Amós Oz em entrevista. A vida é curta demais para passá-la sempre no mundo da CNN, arremata. Para quem quer ir além do noticiário sobre Israel, o Último Segundo dá dicas de leitura.  Leia o artigo de Luciana Araujo

O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, comentou hoje a celebração dos 60 anos do Estado de Israel, país que chamou de "rato morto" e que afirmou "estar em processo de desaparecimento". Leia a matéria da agência internacional EFE

Entenda mais sobre a localização de Israel, sua bandeira, sua demografia, religiões, sistema de Governo, de Defesa, dados sobre a economia, sobre a expansão da fronteira, acordo de Oslo, Conferência de Anápolis, quem foi Golda Meir e mais. Saiba mais sobre o Estado com informações da CIA

Clique na imagem para ver o infográfico da AFP sobre Israel

Leia mais sobre: Israel

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG