Jerusalém, 2 jan (EFE).- O Exército israelense bombardeou à meia-noite passada dois túneis no sul e no norte da Faixa de Gaza, no primeiro ataque militar contra o território palestino em 2010.

A Força Aérea de Israel, em uma operação conjunta com o serviço de inteligência Shin Bet, bombardeou ontem à noite "dois túneis ofensivos, situados a uma distância aproximada de um quilômetro da cerca de segurança com Israel que seriam utilizados para executar ataques terroristas em Israel contra civis ou militares", afirmou à Agência Efe um porta-voz do Exército.

"Um dos túneis estava situado ao leste da Cidade de Gaza e o outro, ao norte da cidade de Khan Yunes" no sul do território palestino, disse o porta-voz.

Segundo o jornal israelense "Ha'aretz", quatro palestinos ficaram levemente feridos nos ataques e tiveram que ser levados a hospitais de Gaza para receber atendimento médico.

Os bombardeios ocorrem depois do lançamento, na quinta-feira, de um foguete Grad por milicianos palestinos contra a cidade israelense de Netivot, que não causou prejuízos ou vítimas.

A milícia da Frente Popular para a Libertação da Palestina reivindicou ontem a autoria desse ataque, em comunicado no qual afirmou que "a resistência continuará no novo ano e os massacres do ocupante (Israel) não impedirão que nossa gente siga lutando para a restauração de seus direitos", informou hoje a agência palestina "Ma'an". EFE aca/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.