Israel autorizará oito jornalistas estrangeiros a entrar na Faixa de Gaza

Israel autorizará oito jornalistas estrangeiros a entrar na Faixa de Gaza, cujo acesso à imprensa internacional está proibido desde o início da operação contra o Hamas, sábado passado, indicou nesta sexta-feira a Associação hebraica de imprensa estrangeira (FPA).

AFP |

Esta decisão responde a uma ordem do Tribunal Supremo israelense ao governo para que permita a entrada de oito jornalistas no território palestino, segundo a FPA.

A associação comemorou esta autorização, mas disse que está muito preocupada com o número reduzido de permissões diante das dezenas de pedidos de jornalistas para entrar na Faixa de Gaza.

Um dos vice-primeiros-ministros israelenses, Eli Ishai, de Comércio e Indústria, comemorou em contrapartida as limitações impostas aos meios de comunicação.

"Não podemos permitir à imprensa internacional que sirva de escritório para as relações públicas dos terroristas do Hamas", declarou em um comunicado.

"Os jornalistas que insistem tanto para entrar em Gaza ganhariam mais se fossem ver as crianças de Sderot, Ashkelon e de toda a periferia da Faixa, e ter vergonha", declarou quarta-feira o diretor do Escritório Governamental de Imprensa, Daniel Seaman, encarregado do credenciamento de jornalistas que trabalham em Israel.

Seaman se referiu desta forma às localidades hebraicas alvos dos foguetes palestinos disparados de Gaza.

Desde o início da ofensiva israelense contra o território palestino, os pontos de passagem de ambos os territórios estão abertos unicamente para o envio de ajuda humanitária internacional.

ms/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG