Israel autorizou nesta segunda-feira a distribuição de alimentos e produtos de primeira necessidade na Faixa de Gaza, submetida a um severo bloqueio israelense em represália aos disparos de foguete palestinos, segundo uma fonte militar.

A Agência da ONU para os Refugiados Palestinos (UNRWA), preocupada com o agravamento da situação humanitária na Faixa de Gaza, confirmou nesta segunda-feira que a ajuda alimentar estava a caminho para Gaza.

A UNRWA distribui em tempos normais ajudas alimentares a 750.000 pessoas, ou seja, a metade da população da Faixa de Gaza.

Israel reforçou em 5 de novembro o bloqueio que impõe a Gaza desde que os islamitas do Hamas a tomaram pela força, em junho de 2007, e fechou todos os pontos de passagem nesse território.

Esta medida, adotada pelo ministro israelense da Defesa, Ehud Barak, foi a resposta dada à retomada dos disparos de foguetes e obuses na direção do sul de Israel, depois de uma operação do exército israelenses na Faixa de Gaza.

Leia mais sobre Faixa de Gaza

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.