Israel ataca o sul da Faixa de Gaza

Aviões israelenses atacaram vários pontos do sul da Faixa de Gaza durante a madrugada desta quarta-feira sem deixar feridos, informou o Exército de Israel.

EFE |

Segundo uma nota das Forças Armadas israelenses, o ataque foi uma resposta aos foguetes disparados nos últimos dias do território palestino contra comunidades do sul de Israel.

O comunicado destaca que, desde o começo do ano, mais de 20 foguetes e bombas foram lançados da Faixa de Gaza contra solo israelense.

As Forças Armadas de Israel, além de dizer que "continuarão atuando firmemente contra quem usar o terrorismo contra o Estado de Israel", apontaram os islâmicos do Hamas, que controlam a faixa territorial, como os "únicos responsáveis pela manutenção da paz e da calma em Gaza".

Por sua vez, fontes palestinas disseram que, no começo da manhã desta quarta-feira, quatro bombardeios consecutivos foram registrados contra o território palestino. A região mais atingida foi a do já destruído Aeroporto Yasser Arafat, que fica a leste da localidade fronteiriça de Rafah.

Testemunhas disseram ter ouvido helicópteros Apache e caças F-16 sobrevoando a área desde a meia-noite.

A investida desta quarta-feira foi a segunda de Israel contra a região sul da Faixa de Gaza em uma semana.

Nenhuma milícia palestina assumiu a responsabilidade pelo lançamento de foguetes contra o território israelense.

Israel e as milícias palestinas de Gaza, lideradas pelo braço armado do Hamas, mantêm um cessar-fogo desde 18 de janeiro de 2009. Mas ambas as partes esporadicamente quebram a trégua.

Leia mais sobre Faixa de Gaza

    Leia tudo sobre: faixa de gaza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG