Israel analisa suspensão da colonização na Cisjordânia

Medida não envolve Jerusalém Oriental. Decisão será discutida neste domingo durante a reunião semanal do Conselho de Ministros

AFP |

Israel analisa o congelamento, por 90 dias, do processo de colonização na Cisjordânia ocupada, mas a medida não envolve Jerusalém Oriental, informou na noite deste sábado uma fonte israelense autorizada.

A decisão, que seria acompanhada por medidas de apoio dos Estados Unidos a Israel, especialmente na área de segurança, será discutida neste domingo durante a reunião semanal do Conselho de Ministros.

O congelamento envolveria todas as obras futuras e as iniciadas após 26 de setembro, data do final da moratória precedente decretada pelo governo de Benjamin Netanyahu, segundo a mesma fonte.

Os Estados Unidos teriam prometido a Israel não pedir outra moratória ao final dos 90 dias de congelamento.

Até o momento, Israel tem rejeitado qualquer prorrogação do congelamento da colonização, posição que provocou a interrupção das negociações entre israelenses e palestinos, retomadas em 2 de setembro passado.

A retomada da colonização foi alvo de uma série de críticas de Estados Unidos e da maior parte da Comunidade Internacional.

    Leia tudo sobre: iGisraelCisjordânia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG