Israel adverte que operação em Gaza está apenas no início

A operação deste sábado da aviação de Israel contra o movimiento radical palestino Hamas na Faixa de Gaza está apenas no início, afirmou o porta-voz do Exército, Avi Benyahu, à rádio militar.

AFP |

Pelo menos 140 palestinos morreram nos bombardeios israelenses contra a Faixa de Gaza, afirmou à AFP o ministro da Saúde do movimento radical Hamas, Basem Naim.

"A operação, executada depois de uma decisão do gabinete, acabou de começar. Pode levar tempo. Não fixamos um prazo e agimos em função da situação no local", afirmou Benyahu.

O presidente israelense, Shimon Peres, afirmara que o Exército não entraria na Faixa de Gaza, em uma entrevista concedida antes dos ataques ao jornal saudita Asharq al-Awsat.

O Exército confirmou os ataques aéreos contra a Faixa de Gaza, território palestino controlado pelo Hamas, e avisou que as ações podem ser ampliadas.

"Nossa aviação agiu em larga escala contra as infra-estruturas do Hamas na Faixa de Gaza para deter os ataques terroristas das últimas semanas contra as cidades do sul de Israel", disse um porta-voz militar à AFP.

"Avisamos a população civil da Faixa de Gaza sobre nossos ataques e o Hamas, que se esconde entre esta população, é o único responsável", acrescentou.

chw-pa/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG