Israel acerta troca de Shalit por presos palestinos, diz jornal

JERUSALÉM - O governo de Israel e o movimento islamita Hamas, que governa a Faixa de Gaza, teriam chegado a um acordo para trocaro soldado israelense Gilad Shalit por presos palestinos, informou nesta sexta-feira o diário Haaretz.

EFE |

Shalit, capturado há três anos por milícias palestinas de Gaza, será transferido ao Egito como parte da troca, acertada há dois dias e impulsionada pelos Estados Unidos, segundo o jornal israelense, que cita fontes diplomáticas europeias e palestinas.

Em troca da libertação de Shalit, as autoridades israelenses vão libertar mulheres, adolescentes e membros do governo e do Parlamento palestinos presos no Estado judeu.

O escritório de informação do governo de Israel não quis comentar à Agência Efe a informação publicada ou confirmar a existência de negociações com o Hamas para uma troca de presos.

Shalit foi capturado em junho de 2006, quando tinha 18 anos, e desde então não foi visitado por representantes de nenhuma organização de direitos humanos. Durante o tempo que está no cativeiro e com a ajuda de mediadores internacionais, foram enviadas a sua família três cartas e um vídeo.

Leia também:


Leia mais sobre Israel

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG