Israel abre Gaza à saída de palestinos com passaporte estrangeiro

JERUSALÉM - As autoridades israelenses abriram nesta sexta-feira a passagem fronteiriça com Gaza de Erez para permitir a saída de palestinos com passaporte estrangeiro da Faixa, informaram à Agência Efe fontes oficiais. Cidadão de outras nacionalidades também deixam a região de conflito nesta sexta.

Redação com agências internacionais |

"Estamos coordenando a saída de cerca de 300 pessoas com dupla nacionalidade, para atender ao pedido que recebemos de vários países estrangeiros através de suas embaixadas", explicou Peter Lerner, porta-voz do Exército israelense.

Essa é a primeira ocasião, desde que Israel iniciou a ofensiva aérea sobre Gaza no sábado passado, em que se permite a saída de população palestina.

Reuters
Israel permite que entre 350 e 450 estrangeiros saiam da Faixa de Gaza


Na maioria dos casos "se trata de palestinos com dupla nacionalidade", precisou Lerner, que disse ainda que, por enquanto, nenhum membro estrangeiro de agências humanitárias solicitou sair da Faixa Gaza.

Segundo o militar, grande parte dos beneficiados pela medida são de nacionalidade russa, ucraniana, turca, americana e norueguesa.

Israel também permitiu a entrada por Erez da carga de 72 caminhões com ajuda humanitária, enviados pela Turquia e por entidades como a Cruz Vermelha e a Organização Mundial da Saúde.

Outras nacionalidades

Além dos palestinos com dupla cidadania, cidadãos estrangeiros também fugiram nesta sexta-feira dos bombardeios à Faixa de Gaza através do terminal de Erez, informou o porta-voz militar israelense.

Leia mais sobre: ataques em Gaza

Leia também

    Leia tudo sobre: gaza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG