Islândia suspende bolsa de valores pelo resto da semana

A Islândia suspendeu os negócios na Bolsa de Reykjavík nesta quinta-feira em uma tentativa de prevenir que o pânico se espalhe ainda mais pelo setor financeiro do país. A OMX Nordic Exchange permanecerá fechada por dois dias e só reabrirá na segunda-feira.

BBC Brasil |

A decisão de suspender os negócios foi tomada devido a condições adversas no mercado e ocorreu no mesmo dia em que o Kaupthing passou para o controle do governo nas últimas semanas.

A Autoridade Supervisora Financeira do país disse que assumirá a instituição para proteger o sistema bancário doméstico.

"Foi um primeiro passo necessário para alcançar os objetivos do governo e do Parlamento islandeses de garantir a operação ordenada do sistema bancário doméstico e a segurança dos depósitos domésticos", afirmou o órgão.

Segundo a Autoridade Supervisora Financeira, todos os depósitos domésticos no banco estão totalmente garantidos.

Na quarta-feira, o tesouro britânico conseguiu convencer o ING Direct a assumir 2,5 bi de libras esterlinas (cerca de R$ 8,5 bilhões) de 160 mil clientes britânicos do braço online do Kaupthing, o Kaupthing Edge.

O banco central sueco já havia concordado em oferecer um empréstimo ao braço sueco do Kaupthing.

O governo da Islândia já nacionalizou três dos maiores bancos do país. Os dois primeiros foram o Landsbanki e o Glitnir.

O país, que se tranformou em um centro financeiro agressivo na última década, tem tido dificuldades para lidar com a crise global.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG