Islândia retira 800 pessoas de imediações de vulcão

Copenhague, 15 abr (EFE).- As autoridades da Islândia ordenaram hoje a retirada urgente de 800 pessoas de locais próximos a um vulcão localizado sob a geleira de Eyjafjalla devido às inundações derivadas da erupção.

EFE |

A Defesa Civil ordenou a evacuação dos habitantes dos distritos de Fljotshlid e Landeyjar por volta das 16h (Brasília) perante o temor que os diques não suportem a alta do rio Markar, que sobe a ritmo acelerado nas últimas horas.

A corrente de água fluía a uma velocidade de 10 km/h debaixo da língua da geleira pelo leito do rio. Nele, descem icebergs desprendidos do tamanho de carros, como mostra a televisão pública local.

Segundo as autoridades islandesas, a evacuação foi feita sem incidentes e não houve feridos.

Parte dos moradores já havia tido que deixar suas casas há dois dias, quando aconteceu a erupção do vulcão, mas tinha retornado de novo após as autoridades considerarem a situação estável.

A nuvem de cinzas vulcânicas produzidas nas últimas horas provocou a suspensão de um quarto dos voos na Europa e o fechamento do espaço aéreo em Noruega, Dinamarca, Suécia, Reino Unido e Irlanda, assim como em partes de França, Bélgica, Holanda e Finlândia. EFE alc/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG