Islamitas são detidos na Alemanha por apoio à Al Qaeda

Berlim, 25 nov (EFE).- Dois supostos islamitas de cidadania alemã foram detidos por ordem da Procuradoria da Alemanha como suspeitos de apoiar a rede terrorista Al Qaeda através da internet.

EFE |

Os dois detidos são supostamente os responsáveis das páginas virtuais da chamada Frente Midiática Global Islâmica (GIMF), segundo um comunicado publicado hoje pela Procuradoria.

Daniel P, de 26 anos, teria distribuído em 18 ocasiões propaganda islâmica através da internet, enquanto Harun Can A., de 23 anos, é acusado de quatro casos similares.

Junto a essas duas detenções - praticadas nos estados de Baden-Wurttemberg, no caso do suspeito de 26 anos, e da Renânia do Norte-Vestfália, no de 23 anos - foi ditada uma terceira ordem de prisão contra Iran P., de 19 anos, que tinha sido detido anteriormente.

As detenções aconteceram em meio a batidas policiais nos dois Estados, onde foram revistadas 12 casas e escritórios. EFE gc/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG