Isaf encontra corpos de três mulheres em operação contra supostos talibãs

Cabul, 12 fev (EFE).- A Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf, na sigla em inglês) encontrou os corpos de três mulheres amarradas e amordaçadas após uma operação contra supostos insurgentes que acabou com a morte de vários deles e a detenção de outras oito pessoas na província oriental afegã de Paktya.

EFE |

Em comunicado, o comando da Isaf explicou que uma força conjunta das tropas internacionais e do Exército afegão efetuou ontem à noite uma operação contra a insurgência nas proximidades do município de Khatabeh, no distrito de Gardiz na província de Paktya.

As tropas se aproximaram de um recinto onde, segundo relatórios de inteligência, estavam insurgentes, que responderam à invasão abrindo fogo contra os militares.

Os soldados revidaram e mataram um número indeterminado de supostos talibãs. Logo após, um grande grupo de homens, mulheres e crianças abandonou o recinto, segundo o comunicado da Isaf.

Os militares rastrearam o interior do complexo e encontraram, escondidos em um quarto, os corpos de três mulheres que tinham sido atadas e amordaçadas antes de serem mortas.

Pelo menos oito suspeitos foram detidos, e serão interrogados.

As operações das forças de segurança afegãs e internacionais são frequentes nas províncias do sul e do leste afegãos, onde os talibãs têm suas principais forças. EFE lo-mb/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG