Isaf e tropas afegãs assumem controle de edifício tomado por talibãs

Cabul, 29 jan (EFE).- As forças afegãs e da Força Internacional de Assistência ao Afeganistão (Isaf) internacionais conseguiram assumir o controle de um edifício que tinha sido atacado hoje por um comando talibã.

EFE |

Segundo fontes afegãs, o edifício, próximo à base de Sharwali, um centro militar em Lashkar Gah, estava vazio. Através de seu porta-voz, os talibãs afirmam que é um imóvel da ONU.

Após oito horas de combates, forças afegãs e internacionais conseguiram assumir o controle do edifício situado na capital da província afegã de Helmand.

Segundo uma fonte militar afegã disse à agência "AIP", sete membros das forças de segurança ficaram feridos no combate contra o comando, que tinha se entrincheirado em um edifício próximo à base de Sharwali, um centro militar em Lashkar Gah.

Os insurgentes tomaram o edifício e, a partir do local, dispararam e lançaram dois projéteis em direção ao oeste do rio Helmand, às 10h local (3h30 de Brasília), informou a Isaf, em comunicado.

A Isaf disse que as tropas afegãs e internacionais tinham cercado o "grupo principal de atacantes" no edifício, "vazio", ao sul da base afegã, e vários helicópteros de ataque sobrevoaram a cidade e dispararam contra os insurgentes.

O ataque final aconteceu às 18h, a cargo de forças afegãs e internacionais, segundo um repórter da "AIP" no local, que disse ter ouvido explosões durante o combate e visto os cadáveres de quatro talibãs no edifício.

O porta-voz talibã Mohammed Yousif Ahmadi tinha dito à mesma agência que 26 membros das forças de segurança morreram ou ficaram feridas durante os combates, e disse que "sete suicidas" tomaram a sede da ONU na cidade e um hotel. EFE nh-daa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG