Isaf denuncia fogo de Exército paquistanês contra seus helicópteros

Cabul/Islamabad, 25 set (EFE).- A Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf, em inglês), destacada no Afeganistão, denunciou hoje que seus helicópteros foram alvejados pelo Exército do Paquistão na região de fronteira entre os dois países.

EFE |

Um porta-voz militar paquistanês afirmou em Islamabad à Agência Efe que o incidente está sendo investigado.

"Helicópteros da Isaf receberam fogo de artilharia leve de um posto de controle militar fronteiriço perto do distrito de Tani", na província afegã de Khost (leste), afirmou a força da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) em comunicado divulgado em Cabul.

Segundo a nota, o incidente, que não deixou mortos nem causou danos, aconteceu quando os helicópteros realizavam "operações rotineiras".

"Em nenhum momento os helicópteros da Isaf entraram no espaço aéreo paquistanês", informou a força, que acrescentou que está "trabalhando" com as Forças Armadas do Paquistão para "resolver o assunto".

Em Islamabad, o porta-voz militar paquistanês Athar Abbas, contatado pela Efe, afirmou ter conhecimento do que aconteceu e disse que uma investigação já foi iniciada.

"Estamos à espera de receber detalhes da Isaf para elaborar uma reação", disse.

Na província de Khost, há principalmente tropas americanas da Isaf.

As forças dos Estados Unidos também lideram uma "coalizão antiterrorista" que opera no Afeganistão, sob comando direto de Washington, e que tem intensificado suas operações contra a insurgência no cinturão tribal paquistanês nas últimas semanas.

Geralmente, aviões não tripulados cruzam a fronteira e disparam mísseis contra supostas posições talibãs, mas no dia 3 de setembro foi registrada uma incursão de helicópteros no povoado de Angorada, onde 20 pessoas morreram.

Esta incursão gerou protesto das autoridades do Paquistão, que ameaçaram retaliar outros ataques em defesa de sua soberania e integridade territorial.

Nos últimos dias, soldados e tribos locais paquistaneses impediram duas tentativas de helicópteros americanos de cruzarem a fronteira, embora o Exército tenha negado qualquer envolvimento. EFE lo/wr/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG