São Paulo, 22 jun (EFE).- A 27ª São Paulo Fashion Week terminou nesta segunda-feira após seis dias de desfiles nos quais 35 grifes exibiram suas apostas para a primavera-verão 2010.

Esta edição do evento foi dedicada à França e teve como grande protagonista a top Gisele Bündchen, que desfilou na quinta-feira passada para a Colcci.

Este último dia de desfiles foi aberto pela grife Isabela Capeto, com uma apresentação na qual a estilista empregou tecidos reciclados e latas de refrigerante vazias viraram acessório nos cabelos das modelos.

Na passarela os destaques foram as estampas florais e as riscas nos vestidos presos na cintura com enormes cintos e com corte acima do joelho. O toque sensual ficou com alguns tecidos transparentes.

Já Wilson Ranieri apresentou uma coleção na qual se destacaram os tecidos leves e os tons pastel em contraste com fortes sombras nos olhos.

O acessório da mulher proposta por Ranieri para a próxima temporada é o lenço de seda, em torno do pescoço, cobrindo a cabeça ou até mesmo no ombro.

Outro destaque do último dia foi a coleção masculina de Alexandre Herchcovitch, que já tinha apresentado na sexta-feira as apostas para as mulheres com grande êxito.

Com o preto, o cinza e o branco como protagonistas que deixaram muito pouco espaço a cores mais quentes, o homem que veste Herchcovitch tem toques da alfaiataria tradicional, com gravatas muito finas ou borboleta. EFE az/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.