Irmãos Muçulmanos do Egito elegem novo líder

Cairo, 16 jan (EFE).- O conservador Mohammed Badia, de 66 anos, foi eleito novo guia geral do grupo egípcio Irmãos Muçulmanos pelos próximos seis anos, anunciou hoje a organização islâmica, a maior força opositora do país.

EFE |

Badia, veterinário e professor universitário, foi apresentado pelo até agora líder da entidade, Mohammed Mahdi Akif, que assumiu o comando dos Irmãos Muçulmanos em janeiro de 2004 e abriu mão de permanecer à frente do grupo.

O novo líder é considerado pelos analistas como um membro do ala mais conservadora da força da oposição.

O nome de Badia, o oitavo guia geral da organização - fundada por Hassan al-Banna em 1928 -, foi anunciado em um movimentado ato na sede do grupo, no Cairo.

No discurso que fez após ser nomeado, Badia insistiu no compromisso de sua organização com o islamismo e pediu mudanças no homem, na sociedade e no sistema político do Egito. EFE jfu/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG