Irmão de líder morto disputa presidência da Polônia

O irmão gêmeo de Lech Kaczynski anunciou sua candidatura à presidência do país nesta segunda-feira

iG São Paulo |

O político conservador Jaroslaw Kaczynski, irmão gêmeo de Lech Kaczynski, presidente polonês morto em um acidente aéreo, apresentou nesta segunda-feira sua candidatura às eleições presidenciais na Polônia, antecipadas para 20 de junho.

AP
Jaroslaw Kaczynski

O anúncio do Partido da Lei e Justiça (PiS) de que Jaroslaw Kaczynski, ex-primeiro-ministro da Polônia, lutará pela presidência do país, é feito duas semanas depois do acidente aéreo na Rússia que matou o então presidente e outras 95 pessoas.

"A Polônia é nosso grande compromisso comum. Exige superar o sofrimento pessoal, cumprir com seu dever, apesar de uma tragédia pessoal", afirmou Jaroslaw Kaczynski no site de seu partido, o Direito e Justiça.

"Por isso, tomei a decisão de apresentar minha candidatura à Presidência da República da Polônia", acrescentou.

A candidatura de Jaroslaw Kaczynski foi anunciada poucas horas antes do fechamento do prazo para a apresentação de candidatos à Presidência da Polônia. Kaczynski, de 60 anos, enfrentará Bronislaw Komorowski, de 57 anos, candidato do partido liberal Plataforma Cívica (PO, no poder).

O liberal Bronislaw Komorowski, chefe de Estado interino e presidente do Parlamento, parte como favorito.

    Leia tudo sobre: Polônia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG