Irlandeses vão às ruas de Dublin por crianças vítimas de abusos

Milhares de pessoas participaram de passeata em silêncio, no centro de Dublin, nesta quarta-feira, em solidaridade para com as crianças vítimas de abusos cometidos durante décadas em instituições irlandesas administradas por ordens religiosas católicas.

AFP |

Os manifestantes levavam sapatos de crianças que depositaram diante do Parlamento "para simbolizar as vidas destruídas nessas instituições" religiosas.

Quatro vítimas que seguiam à frente do cortejo depositaram coroas de flores no local "em memória dos vivos e dos mortos que passaram por essas instituições".

Segundo a polícia, 7.000 pessoas participaram e, segundo o jornal Irish Times elas chegaram a 15.000.

O horror revelado mês passado por um informe da Comissão de Investigação dos Abusos Infantis afetou duramente a Igreja Católica irlandesa, comovendo o país.

O relatório demonstra que os religiosos católicos agrediam, violavam e humilhavam as crianças internadas nas instituições de caridade. O texto definiu os abusos como "endêmicos".

"As crianças viviam em um terror diário, sem saber quando receberiam o golpe seguinte", afirma o documento, que lamenta a cultura do silêncio entre as autoridades.

"As autoridades religiosas sabiam que os abusos sexuais eram um problema persistente em organizações religiosas masculinas", destaca o informe.

A comissão entrevistou mais de 2.000 pessoas que relataram agressões, intimidações e abusos sexuais por parte de sacerdotes e freiras.

Entre 30.000 e 40.000 crianças passaram por esses estabelecimentos. A maioria deles foram internados porque haviam sido abandonados: eram filhos de mães solteiras, ou haviam praticado pequenos roubos.

Em alguns casos, as crianças ingressaram quando tinham apenas dois anos.

"Estes não eram orfanatos, eram gulags", disse à AFP John Kelly, uma das vítimas desses abusos. "Eu não me chamava John Kelly. Era apenas o número 253", disse.

ab/lgo/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG