Londres, 14 mar (EFE).- Colin Duffy, ex-integrante do Exército Republicano Irlandês (IRA), é um dos três homens presos hoje pelo atentado que matou dois soldados em uma base militar da Irlanda do Norte, no fim de semana passado.

Duffy, de 41 anos, foi detido na cidade de Lurgan, informou a "BBC", acrescentando que os agentes que o prenderam foram recebidos a pedradas em frente à casa dele.

Outros dois homens, de 32 e 21 anos, foram detidos na mesma operação e levados a delegacia para serem interrogados.

O atentado, atribuído ao IRA Autêntico (uma cisão do IRA contrária aos acordos de paz) matou os soldados ingleses Mark Quinsey, de 23 anos, e Patrick Azimkar, de 21 -que dali a horas seriam enviados ao Afeganistão-, além de ferir outras quatro pessoas, incluindo dois entregadores de pizzas. EFE fpb/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.