Irlandês preso por morte de soldados já fez parte do IRA

Londres, 14 mar (EFE).- Colin Duffy, ex-integrante do Exército Republicano Irlandês (IRA), é um dos três homens presos hoje pelo atentado que matou dois soldados em uma base militar da Irlanda do Norte, no fim de semana passado.

EFE |

Duffy, de 41 anos, foi detido na cidade de Lurgan, informou a "BBC", acrescentando que os agentes que o prenderam foram recebidos a pedradas em frente à casa dele.

Outros dois homens, de 32 e 21 anos, foram detidos na mesma operação e levados a delegacia para serem interrogados.

O atentado, atribuído ao IRA Autêntico (uma cisão do IRA contrária aos acordos de paz) matou os soldados ingleses Mark Quinsey, de 23 anos, e Patrick Azimkar, de 21 -que dali a horas seriam enviados ao Afeganistão-, além de ferir outras quatro pessoas, incluindo dois entregadores de pizzas. EFE fpb/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG