Dublin, 17 abr (EFE).- A Embaixada da Irlanda na Argentina enviará hoje à Bolívia um representante para tentar esclarecer se um dos três suspeitos de terrorismo que morreram em recente tiroteio com a Polícia era irlandês.

Fontes do Ministério das Relações Exteriores irlandês informaram que o representante viajará a La Paz para descobrir a identidade de um dos supostos terroristas mortos na cidade boliviana de Santa Cruz.

A imprensa local afirmou o grupo desarticulado era composto por cinco "mercenários", como foram qualificados pelo Governo boliviano.

Entre os supostos terroristas, haveriam pessoas de países como Romênia, Hungria e Irlanda, mas não houve nenhuma confirmação oficial.

De acordo com o Governo da Bolívia, os "mercenários internacionais" planejavam assassinar o presidente Evo Morales. EFE ja/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.