Londres, 9 mar (EFE).- A Assembleia autônoma da Irlanda do Norte aprovou hoje a devolução a Belfast, por parte de Londres, do controle da Polícia e da Justiça locais.

Este era considerado o último obstáculo para que os acordos de paz de 1998 pudessem ser postos em prática.

A aprovação foi feita por 88 votos a favor e 17 contra.

Pendente por mais de três anos, a data para a transferência desses poderes sofreu resistência do protestante Partido Unionista Democrata (DUP), enquanto era defendida pelo Sinn Fein, antigo braço político do atualmente inativo IRA.

No entanto, os moderados do Partido Unionista do Ulster (UPP) consideram que ainda não há condições necessárias para completar a devolução da autonomia, disse o líder da legenda, Reg Empey.

Empey acusou os Governos de Londres e Dublin de tentar chantagear seu partido para que aceite um pacto negociado entre o DUP e o Sinn Fein.

Segundo esse acordo, fruto de dez dias de intensas negociações, o controle da polícia e da Justiça seria retomado pelos norte-irlandeses em 12 de abril. EFE.

ja/id

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.