Iraquianos nunca foram tão otimistas desde 2003

Os iraquianos têm mais esperanças de uma vida melhor e estão menos preocupados com a violência no país que em qualquer outro momento desde a invasão de 2003, segundo uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira.

AFP |

Um total de 65% dos entrevistados afirmaram que suas vidas estão bem ou muito bem, e 60% acreditam que será ainda melhor em um ano, citando como motivos, entre outros, as melhoras no fornecimento de energia elétrica e de combustível para cozinhar ou dirigir.

A pesquisa, encomendada pela rede britânica BBC, a americana ABC News e a japonesa NHK, mostra que 85% dos entrevistados consideram a atual situação de segurança muito ou bastante boa, um aumento de 23% em relaçãoa a uma pesquisa similar elaborada há um ano.

Metade dos entrevistados considera que a segurança melhorou em relação ao ano passado e 60% se disseram seguros em seus bairros.

A pesquisa foi realizada pela D3 System e a KA Research Ltd. que entrevistou 2.228 iraquianos em 18 províncias entre 17 e 25 de fevereiro, com margem de erro de 2,5%.

psr/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG