Um iraquiano ferido em 2004 por um soldado britânico em Basra, no sul do Iraque, recebeu uma indenização de dois milhões de libras (cerca de 4 milhões de dólares), confirmou nesta segunda-feira o ministério da Defesa em Londres.

Um porta-voz do ministério disse que a indenização foi determinada devido a uma ação por negligência contra o Exército britânico apresentada à Suprema Corte.

Fontes do ministério indicaram que o homem ferido, que era amigo dos guardas da base militar britânica em Basra, foi baleado acidentalmente, quando a arma de um soldado caiu e disparou.

A vítima, que não teve o nome revelado, foi levada à Grã-Bretanha para tratamento médico e não voltou ao Iraque devido à gravidade de seus ferimentos.

psr/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.